31 de agosto de 2011

Professora sem classe

Recentemente vi dois filmes que estão em cartaz no cinema de uma talagada só. O primeiro foi no final de semana e o segundo em uma segunda-feira. Nesse post vou falar sobre o filme Professora sem classe, estrelado por Cameron Diaz.

PROFESSORA SEM CLASSE (Bad Teacher)

Fui assistir ao filme Professora sem classe porque todas as sessões do horário em que eu estava no shopping estavam lotadas, então fui no "não tem tu, vai tu mesmo".

O filme conta a história de Elizabeth Halsey, uma professora com péssima conduta que não está nem aí para nada, seu único objetivo na vida é agarrar um homem rico para que ela possa parar de trabalhar e para isso ela se dedica ao plano de juntar dinheiro (das piores formas possíveis, inclusive roubando dinheiro dos próprios alunos) para colocar silicone nos seios.

Não sei se estou ficando velha e ranzinza, mas achei a atuação de quase todo o elenco extremamente fraca, além de que acho que o roteiro poderia ser melhor utilizado. Cameron Diaz convence no papel de bad girl/bad teacher, mas estou acostumada com filmes em que os professores dão uma reviravolta na turma e ganham louros por isso, mas nesse longa quem definitivamente vence é o mal.



No decorrer da trama, Elizabeth quer conquistar Scott Delacorte (Justin Timberlake), o mais novo professor da escola, pois descobre que ele é rico. Em contrapartida, a personagem politicamente incorreta rivaliza o amor do ricaço com a enjoada professora Amy, interpretada pela atriz Lucy Punch, que quer desmascarar Elizabeth a qualquer custo diante do diretor da escola.

Justin Timberlake está deprimente no papel do professor e o humor barato e mal colocado ainda pontuam a produção que leva apenas duas estrelinhas por mim (com muita generosidade).
Postado por Renata A às 22:35

7 comentários:

*Natália* disse...

Pq o outro filme vc tem q falar q viu com pessoas maravilhosas!! hehehehe

Tsu disse...

Oi Sabor Baunilha!

Esse filme é aquele tipo bem comerciável...não vi e nem pretendo ver...

Bom, eu fiquei em dúvida quanto aos 2 Tropas de Elite mais gostei..o primeiro tem tudo aquilo de ser inovador e mais violento...o segundo foca mais na realidade da política brasileira...acho que os dois estão no mesmo nível por razões diferentes.
E sim, eu mesmo já vi filmes e animes mais violentos. A questão é que Tropa é uma violência física...as outras obras são uma violência psicológica. E acho a violência psicológica mais forte do que a explícita. Até hoje o filme que mais me perturbou foi 2001 Uma Odisséia no Espaço..não há cenas de violência lá mas ele questiona algo aterrorizante: o sentido da vida, existência de Deus, inteigência artificial, razão de ser...e muitas outras coisas.. o filme é tão confuso e intrigante que mal consegui dormir depois de ver. ]
Eu admiro muito o trabalho do José Padilha..sou de SP mas mesmo assimp osso imaginar como é a situação aí no RJ...aqi em SP está deveras violento também...em vez do BOPE, temos a ROTA que faz um bom trabalho dentro do permitido. O problema é que essa violência e valorização do bandido, com impunidade e direitos humanos apenas para que mnão merece só iria mudar com uma radicalização severa na lei...por isso sou á favor da pena de morte. Tem pessoas que jamais deixarão de ser quem são..se elas escolhem o mal, serão o mal sempre.

Já ouvi falar sobre esse documentário mas nunca o vi...agora com sua dica vou procurar me informar...porém não aprecio que se mostre o lado dos criminosos da estirpe brasileira...eles não são psicopatas ou coisas do gênero...fazem o mal porque gostam e querem fazer...acham isso "cool".E para serem "cool" desgraçam a vida de muitas pessoas.

Aym disse...

é um filme que pretendo ver pra me descontrair. sem olhares criteriosos. acho que a Cameron é uma ótima atriz pra comédia... ela é engraçada até sem ser... uasuhsuhauhs
beijos
bom fds.

Luiza disse...

esse é o tipo de filme que não dá pra esperar muito. É como essas comédias açucaradas, tem que assistir sem ser muito criterioso!

bjs

Fran disse...

É ele parece não ser muito bom mesmo, ainda não vi e te digo, não tenho vontade, acho uma história muito mimimi.
E o Justin vamos combinar, só serve pra cantar mesmo, eu não sou chegada nas atuações dele iuheuihei

Beijos
http://www.blogbreakaway.com

Danni disse...

Pelo roteiro eu não espera muita coisa não...
Assisti ontem Planeta dos Macacos, a Origem - nem dá pra comparar, né?! XD

Boa semana!

Kell disse...

Ahhh, eu vi o trailer desse filme e acho que vou acabar assistindo a ele quarta feira, se não tiver nada melhor... (Ainda quero assistir "O Rei Leão em 3D! hauhauahua)
Parece ser aquele filme previsivel mesmo, maaas...
Enfim, adorei sua crítica! Acho que deve ser bem isso mesmo a história e a narração! :P

Ahhh, acabeei de postar o MEME "10 Casais da Ficção", fiquei diias pensando, colocando e tirando casais, invertendo ordens,enfim, está lá! Acho que ficou bem legaal!!!! Adorei responder ao meme! xD

Beijokas,
Kell :)
http://jornalkell.blogspot.com

Postar um comentário